Coerência

Falas como quem dizes ser,
Ages como quem não mostra ter,
Verdade, que cada um sabe de si,
Mas não te enganes também a ti,

Coerência é preciso deter,
Se pretendes tu ser!
Recusa a banalidade do iludir,
Tenta por momentos existir…

Ser, implica saber estar; pensar antes de agir
Se não consegues estar, como quem queres ser
Não o digas que és,
Não vás, os que são realmente, entristecer
Se o és,
Sê-lo verdadeiramente; deixa de inventar!

Vive como pensas,
Ou acabarás a pensar como vives,
Proclamou, um dia, sabiamente alguém,
Sê sério! Não terminarás tu sendo ninguém

JPVG

Escrito em 04.08.2013

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s