Aos avós

Perpétuas humanas figuras,
Que queremos hoje exaltar,
Especiais e essenciais, sem as quais,
Aqui hoje, não poderíamos estar!

Cabelos grisalhos e pele cansada,
Memórias da sua humilde jornada,
Marcas do tempo, da experiência,
Que os torna essas pessoas, de excelência!

Entre estórias, valores e ditados,
Escutamos sempre com atenção
Conselhos, nunca ultrapassados,
Que pacientes, sempre alegres nos dão,

Segundos pais, constantemente a ajudar,
Uns mais doces, para nos acarinhar,
Outros mais rígidos, para nos educar,
Sempre com afecto no gasto e profundo olhar,
Em tudo, enquanto possível, estão para nos apoiar!

Bastante já fizeram e por muito já passaram,
Cheios de sabedoria que a vida lhes leccionou,
Amemos, lembremos e respeitemos,
Quem sempre, com tudo, nos amou!

JPVG

(26-07-2015)

Anúncios